Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Mercedes 300 transporter (1952)

Ir em baixo

Mercedes 300 transporter (1952) Empty Mercedes 300 transporter (1952)

Mensagem por António Júlio Sab 23 Fev 2013, 01:31

Mercedes 300 transporter (1952) D5183d83f4f323d0a35a030b0627d4c3_zpsf6f72797
Para transportar seus carros de competição nos anos 50, a Mercedes criou um veloz caminhãozinho com o motor do 300

Os carros de competição da Mercedes-Benz no início da década de 1950 foram tão marcantes que seria um desperdício conduzi-los, da fábrica aos circuitos e vice-versa, em caminhões comuns. Pensando nisso, em 1952, quando decidiu que retornaria dali a dois anos às corridas de Grande Prêmio, a marca da estrela começou a idealizar um veículo de transporte muito especial.

O utilitário deveria atender a alguns requisitos: ser muito veloz, estável e ter potentes freios. Logo se percebeu que os caminhões da época não estavam aptos à tarefa. A sugestão, assim, foi de uma combinação inusitada que se mostraria ideal: o chassi tubular em forma de "X" do sedã 300 "Adenauer", o motor do cupê 300 SL "Gull Wing" e elementos internos do modelo 180 para a cabine. O veículo não teve nome, mas ficou conhecido como Racing Car Transporter (transportador de carro de corrida).

Mercedes 300 transporter (1952) E2baca4903acc2de6655d96b57305d64_zps44e491ba
Muito diferente de qualquer outro utilitário, o Racing Car Transporter usava elementos da cabine do automóvel 180 e componentes mecânicos do sedã "Adenauer" e do cupê 300 SL

O chassi do automóvel foi bastante alongado na frente e na traseira, para dar espaço suficiente a um carro como o W196 de Fórmula 1. A distância entre eixos era de 3,05 metros. Uma cabine de desenho curioso, com um diminuto capô, foi instalada toda à frente do eixo dianteiro, tendo por baixo o motor — na mesma posição que no 300 SL, aliás —, a transmissão e o tanque de combustível, com capacidade de 150 litros.

As linhas arredondadas da cabine, que era a do 180 com largura bem maior, tinham continuidade nas laterais e terminavam numa traseira que fazia lembrar o carro esporte com "asas de gaivota", apesar de bem larga. A região dos dois vidros posteriores era alongada, o que favorecia a aerodinâmica do veículo tanto descarregado quanto em transporte, pois suavizava o fluxo de ar sobre o automóvel que levava. Na seção entre eixos ficava um estepe de cada lado. O caminhãozinho media 6,75 metros de comprimento, 2 m de largura e apenas 1,75 m de altura.

Mercedes 300 transporter (1952) 5f423775202f7704b044c4338f019ae7_zps80a185d0

O seis-cilindros em linha de 3,0 litros, dotado de injeção mecânica direta de combustível, desenvolvia potência de 192 cv a 5.500 rpm, bem menos que os 215 cv que alcançava no esportivo original, graças à recalibração com vistas ao desempenho em baixas rotações. O torque máximo de 25,8 m.kgf, porém, ainda surgia em alto regime, 4.700 rpm. A velocidade final ficava em torno de 160-170 km/h, mais que expressiva para um utilitário.

Mercedes 300 transporter (1952) F28ea8226f9805d287eee47b686db9be_zps7fd7740e

Com câmbio manual de quatro marchas, todo sincronizado, e tração traseira, o veículo recebeu suspensões independentes de automóvel, coerentes com sua proposta: na frente, braços sobrepostos e molas helicoidais; atrás, semi-eixos oscilantes (mesmo conceito do Fusca e da maioria dos Mercedes da época) com molas helicoidais e barras de torção auxiliares. Freios a tambor de comando hidráulico — o melhor que havia então — desaceleravam com certa rapidez seus 2.100 kg de peso, associados a um freio a disco interno entre a árvore de transmissão e o diferencial. As rodas de 5,5 x 15 pol recebiam pneus 7,60-15.

Mercedes 300 transporter (1952) 2727480883bd8cd48a95a31e93b68be5_zps1316b8eb

O Transporter ficou em atividade entre 1954 e o final de 1955, quando a empresa novamente retirou-se das pistas. A cada prova, era uma sensação nos boxes maior do que os próprios carros de corrida — sobretudo depois de ter sido pintada nos pára-lamas traseiros uma indicação de sua velocidade máxima de 105 milhas por hora. O veículo retornou à fábrica só em 1957, um tanto usado, mas ainda em boas condições.

Seu destino parecia definido: repousar junto a um 300 SLR no Museu Mercedes-Benz para a posteridade. No entanto, constatou-se que ele era muito pesado para o piso do museu e a marca preferiu mantê-lo em serviço, no departamento de testes, até que não tivesse mais condições de uso. Em dezembro de 1967 o único exemplar era descartado, para decepção de muitos.

Os responsáveis por veículos antigos da Mercedes, porém, não tiveram paz: inúmeros foram os pedidos para que o Transporter voltasse a ser visto e mesmo dirigido. Uma ampla consulta nos arquivos da empresa levou a algumas fotos e informações, mas se descobriu que não havia sido feito qualquer desenho do projeto, algo comum em veículos especiais da marca na época.

Mercedes 300 transporter (1952) 9c139a1692e9fd5a8df17ec4d3c44845_zps9a4f67e0

Em 1993 a Messrs. MIKA GmbH, empresa especialista em restauração de antigos no norte da Alemanha, recebia a incumbência de recolocar o utilitário em condições de uso, a partir das escassas referências disponíveis. Foram precisos sete anos para refazer toda a carroceria, a mecânica, os detalhes de acabamento. Apenas uma alteração no original foi admitida — o uso de freios dianteiros a disco do conversível SL de 1989, com a eliminação do antigo freio junto ao diferencial. E o curioso caminhãozinho renasceu, para ser admirado pelos que apreciam veículos únicos.

Mercedes 300 transporter (1952) F17c5ae25c0b03fa6c10c67c469388a7_zps4182fdd6

Mercedes 300 transporter (1952) E2d0e17015cc85da6568fa2d4970acfa_zps40e76268

Mercedes 300 transporter (1952) 4c5d1f16e884bb15538251779f6f6d56_zpscddee1be
António Júlio
António Júlio
Usuário Prata
Usuário Prata

Masculino Mensagens : 373
Data de inscrição : 06/08/2012
Idade : 48

http://www.antoniomariarestaurante.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mercedes 300 transporter (1952) Empty Re: Mercedes 300 transporter (1952)

Mensagem por mmbferreira Sab 23 Fev 2013, 08:15

Bacana esse caminhão...

Eu tenho uma miniatura desse caminhâo na escala 1/18 do fabricamte alemão CMC riquíssimo em detalhes.

Um abraço e parabenz pelo belo post.
mmbferreira
mmbferreira
Banido
Banido

Masculino Mensagens : 100
Data de inscrição : 06/08/2012
Idade : 46

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mercedes 300 transporter (1952) Empty Re: Mercedes 300 transporter (1952)

Mensagem por Weiss 1972 Sab 23 Fev 2013, 10:05

Meio "monstrinho" mas interessante no conceito.
Weiss 1972
Weiss 1972
Usuário Platina
Usuário Platina

Masculino Mensagens : 2399
Data de inscrição : 23/11/2012
Idade : 48

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mercedes 300 transporter (1952) Empty Re: Mercedes 300 transporter (1952)

Mensagem por Edigard Dom 03 Mar 2013, 14:40

Legal demais esse caminhão..Parabenz pelo post...
Edigard
Edigard
Usuário Bronze
Usuário Bronze

Masculino Mensagens : 72
Data de inscrição : 31/10/2012
Idade : 33

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mercedes 300 transporter (1952) Empty Re: Mercedes 300 transporter (1952)

Mensagem por José Manoel Dom 03 Mar 2013, 15:09

Já havia lido esta reportagem no BestCars! Muito bacana mesmo.

Mais fotos (e mais detalhadas): http://www.autospeed.com/cms/article.html?&A=109129
José Manoel
José Manoel
Usuário Prata
Usuário Prata

Masculino Mensagens : 265
Data de inscrição : 18/08/2012
Idade : 41

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mercedes 300 transporter (1952) Empty Re: Mercedes 300 transporter (1952)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum