(W108/109): Ficha técnica

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

(W108/109): Ficha técnica

Mensagem por AEP em Ter 26 Abr 2016, 21:31

Em agosto de 1965, uma nova geração de modelos de alto luxo foi apresentada pela Mercedes-Benz através dos sedans 250 S, 250 SE e 300 SE que sucederam o modelo "fintail" 220 Sb, 220 SEB e 300 SE. 

O que todos os 3 novos modelos tinham em comum era a sua carroceria que foi projetada por Paul Bracq. 



O seu destaque era a simplicidade de forma que não se deixou influenciar pelos modelos concorrentes da época. Dotada de uma elegância contida, ainda hoje é um estilo considerado atemporal. 

Tecnicamente, todos os modelos corresponderam às expectativas dos seus antecessores. 

A Mercedes-Benz introduziu 2 novos motores de 2.5 litros que foram desenvolvidos a partir dos motores de 2.2 litros. Na versão do motor com injeção, uma bomba de 6 pistões foi usada em vez da bomba de 2 pistões. Em contraste com seu antecessor, a nova 300 SE deixou de ser equipada com suspensão a ar. Os 2 motores de 2.5 litros tinham uma mola de compensação hidropneumática no eixo traseiro em substituição à mola helicoidal que mantinha a altura do veículo frente ao solo constante, independentemente do peso transportado.

Em março de 1966, a 300 SEL foi adicionada à gama de modelos. Comparada ao modelo SE 300, o entre-eixos aumentou 100 mm. O espaço adicional foi usado para aumentar a espaço para as pernas na parte traseira e as portas traseiras mais largas facilitaram o acesso. A suspensão a ar era parte do equipamento de série da 300 SEL. Internamente, os modelos com suspensão convencional foram denominados W108. A 300 SEL com suspensão a ar foi nomeada W109.

Duas versões muito especiais da 300 SEL foram desenvolvidas na fábrica de Sindelfingen entre 1966 e 1967. Não foram projetadas para a produção em série, mas para o Vaticano. Em junho de 1966 uma landaulet com entre-eixos padrão foi fabricada, distinguindo-se do sedan do de série apenas pelo banco na parte traseira que era especial.

Quase um ano depois, em maio de 1967, 2 limousine de 6 assentos foram produzidas com base no chassi alongado em 650 mm, portas traseiras modificadas é mais 2 assentos traseiros dobráveis. A landaulet foi usado juntamente com o modelo 600 para o Papa e a limusine Pullman foi utilizada para o transporte de convidados.

A produção dos modelos 250 SE e 300 SE foi encerrada no início de 1968 como a apresentação dos seus sucessores, em janeiro de 1968, 280 S e 280 SE.

Os novos modelos eram dotados do novo motor de 2.8 litros de 6 cilindros, 140 CV (com carburador) e 160 CV (com injeção). A versão mais potente do motor de injeção com 170 CV foi compartilhado na 280 SL e, em janeiro 1968, adotada na 300 SEL em substituicao ao motor de 3.0 litros.

Em março de 1968, a 300 SEL 6.3 litros tornou-se o modelo topo de linha. Era equipada com um motor V8 e câmbio automático do modelo 600. Sua apresentação foi no Salão Internacional do Automóvel de Genebra/Suíça e foi uma surpresa, pois não era esperada.

Por fora, a 6.3 só poderia ser reconhecida pelos seus pneus mais largos, faróis de halogéneo duplos e faróis de distância adicionais. Um total de 6.526 unidades foram produzidas.

No outono de 1969, a 300 SEL com motor de 2.8 litros e 6 cilindros foi substituída pela 300 SEL 3.5 litros com um novo motor V8 de 3,5 litros e 200 CV. A partir de março 1971 este novo motor também foi utilizado na 280 SE 3.5 e na 280 SEL 3.5, com suspensão convencional. 

A 280 SE com motor de 6 cilindros ainda estava disponível, enquanto que a SEL 280 foi retirada de produção e substituída pelo modelo V8.

Uma outra versão de motor V8 mais potente e com 4.5 litros foi produzida exclusivamente para o mercado americano. esses modelos de exportação desde 1971 eram as 280 SE 4.5 litros, 280 SEL 4.5 litros e 300 SEL 4.5 litros.

Um modelo W108/109 série especial que nunca foi vendido no mercado, uma versão 280 SEL 3.5 litros blindada foi construída em 1971. Como outros carros blindados não eram produzidos pela Daimler-Benz desde a 600 Pullman limousine, várias autoridades apresentaram pedidos desse model. Devido aos ataques realizados a diplomatas na América Latina em 1970, viu-se a necessidade de dar proteção especial a embaixadores e cônsules. O resultado desses esforços foi a versão blindada da 280 SEL 3.5 litros, com 28 unidades produzidas entre maio de 1971 e setembro 1972.

A produção das W108/109 terminou em setembro de 1972. Ela foi sucedida pela Classe S, W116.


  • Dados técnicos do modelo 250S (W108 II):


Chassi: 108.012.

Produzido entre julho de 1965 e março de 1969.

Motor a gasolina M108 I (108.920), 6 cilindros em linha, 2.496 cilindradas e 130 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 82 litros.










  • Dados técnicos do modelo 250SE (W108 III):


Chassi: 108.014.

Produzido entre agosto de 1965 e janeiro de 1968.

Motor a gasolina M129 I (129.980), 6 cilindros em linha, 2.496 cilindradas e 150 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 82 litros.














  • Dados técnicos do modelo 300SEb (W108 IV):


Chassi: 108.015.

Produzido entre agosto de 1965 e dezembro de 1967.

Motor a gasolina M189 VIII (189.989), 6 cilindros em linha, 2.996 cilindradas e 170 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 82 litros.










  • Dados técnicos do modelo 300SEL (W109 III):


Chassi: 109.015.

Produzido entre setembro de 1965 e dezembro de 1967.

Motor a gasolina M189 VII (189.988), 6 cilindros em linha, 2.996 cilindradas e 170 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 82 litros.














  • Dados técnicos do modelo 280S (W108 V 28):


Chassi: 108.016.

Produzido entre novembro de 1967 e setembro de 1972.

Motor a gasolina M130 V 28 (130.920), 6 cilindros em linha, 2.778 cilindradas e 140 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 82 litros.
















  • Dados técnicos do modelo 280SE (W108 E 28):


Chassi: 108.018.

Produzido entre novembro de 1967 e setembro de 1972.

Motor a gasolina M130 E 28 (130.980), 6 cilindros em linha, 2.778 cilindradas e 160 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 82 litros.
















  • Dados técnicos do modelo 280SE chassi longo e 280SEL desde setembro de 1969 (W108 E 28):


Chassi: 108.019.

Produzido entre janeiro de 1968 e abril de 1971.

Motor a gasolina M130 E 28 (130.980), 6 cilindros em linha, 2.778 cilindradas e 160 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 82 litros.




  • Dados técnicos do modelo 300SEL (W109 E 28):


Chassi: 109.016.

Produzido entre dezembro de 1967 e janeiro de 1970.

Motor a gasolina M130 E 28 (130.981), 6 cilindros em linha, 2.778 cilindradas e 170 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 82 litros.






  • Dados técnicos do modelo 280SE 3.5 (W108 E 35/1):


Chassi: 108.057.

Produzido entre julho de 1970 e setembro de 1972.

Motor a gasolina M116 E 35 (116.980), 8 cilindros em V, 3.499 cilindradas e 200 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 82 litros.












  • Dados técnicos do modelo 280SEL 3.5 (W108 E 35/1):


Chassi: 108.058.

Produzido entre julho de 1970 e agosto de 1972.

Motor a gasolina M116 E 35 (116.980), 8 cilindros em V, 3.499 cilindradas e 200 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 82 litros.








  • Dados técnicos do modelo 280SE 4.5 (W108 E 45):


Chassi: 108.067.

Produzido entre abril de 1971 e novembro de 1972.

Motor a gasolina M117 E 45 (117.984), 8 cilindros em V, 4.520 cilindradas e 198 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 82 litros.








  • Dados técnicos do modelo 280SEL 4.5 (W108 E 45):


Chassi: 108.068.

Produzido entre maio de 1971 e novembro de 1972.

Motor a gasolina M117 E 45 (117.984), 8 cilindros em V, 4.520 cilindradas e 198 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 82 litros.






  • Dados técnicos do modelo 300SEL 3.5 (W109 E 35/1):


Chassi: 109.056.

Produzido entre agosto de 1969 e setembro de 1972.

Motor a gasolina M116 E 35 (116.981), 8 cilindros em V, 3.499 cilindradas e 200 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 82 litros.










  • Dados técnicos do modelo 300SEL 4.5 (W109 E 45):


Chassi: 109.057.

Produzido entre maio de 1971 e outubro de 1972.

Motor a gasolina M117 E 45 (117.981), 8 cilindros em V, 4.520 cilindradas e 198 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 82 litros.






  • Dados técnicos do modelo 300SEL 6.3 (W109 E 63):


Chassi: 109.018.

Produzido entre dezembro de 1967 e setembro de 1972.

Motor a gasolina M100 E 63 (100.981), 8 cilindros em V, 6.332 cilindradas e 250 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 105 litros.




















  • Dados técnicos do modelo 28SEL 3.5 blindada (W108 E 35/1):


Chassi: 108.058.

Produzido entre maio de 1971 e agosto de 1972.

Motor a gasolina M116 E 35 (116.980), 8 cilindros em V, 3.499 cilindradas e 200 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 82 litros.



Fonte:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
AEP
Usuário Platina
Usuário Platina

Masculino Mensagens : 12870
Data de inscrição : 05/08/2012
Idade : 44

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum