Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Antes de fábrica, Mercedes ampliará família do GLA no Brasil

Ir em baixo

Antes de fábrica, Mercedes ampliará família do GLA no Brasil Empty Antes de fábrica, Mercedes ampliará família do GLA no Brasil

Mensagem por FaUs em Sex 06 Fev 2015, 08:55

Montadora fez cerimônia para marcar início da construção em SP. Produção começa no primeiro trimestre de 2016, com o Classe C.

Luciana de Oliveira
Do G1, em Iracemápolis (SP)
06/02/2015 06h00 - Atualizado em 06/02/2015 06h00


 
Antes de fábrica, Mercedes ampliará família do GLA no Brasil Pedra

A Mercedes-Benz realizou nesta quarta-feira (5) uma cerimônia para marcar o início da construção da fábrica de Iracemápolis (SP), que marcará a retomada da produção de carros da marca no Brasil. Apesar de o país viver um momento de baixa nas vendas, a marca diz acreditar no potencial do quarto maior mercado do mundo para atingir a meta de liderar o segmento de carros premium.
"Estamos aqui faz 60 anos. Nós vivemos todos os altos e baixos com o Brasil: fomos pentacampeões com o Brasil, vivemos muitas alegrias e sofremos. Então, a gente sabe do potencial que o mercado brasileiro tem. E o investimento que estamos fazendo no país é para o futuro", explica Philipp Schiemer, presidente da montadora no Brasil.
"Como queremos ser o número 1 no mundo em veículos premium, temos que estar nos mercados que estão crescendo. Por isso estamos investindo hoje no Brasil, mesmo em uma situação difícil", afirma.

Fábrica em 2016

A inauguração da fábrica será no primeiro trimestre do ano que vem, com o sedã Classe C, modelo mais vendido pela marca no país e no mundo. No segundo semestre será fabricado também o SUV GLA, que atualmente é vendido no mercado brasileiro como importado.
O GLA marca a entrada da montadora no disputado e aquecido segmento dos SUVs compactos. Foi apresentado mundialmente durante o Salão de Frankfurt, em 2013, e chegou ao Brasil em outubro do ano passado, apenas na versão "de entrada", 200.
Antes mesmo de nacionalizá-lo, a montadora alemã diz que irá ampliar a gama, trazendo, ainda neste ano, o GLA 250, mais potente, e o GLA 250 4x4. "A família GLA será ampliada porque queremos que o modelo tenha um papel mais forte no cenário de vendas", diz Dimitris Psillakis, diretor geral de automóveis da marca no Brasil.
Segundo o executivo, as vendas mundiais do SUV ficaram acima das expectativas da Mercedes. "Se tivéssemos mais produção, íamos emplacar mais. Como é um modelo novo, há limitações na nossa fábrica na Alemanha. Por isso estamos investindo no Brasil, para ter mais capacidade produtiva."
A marca já disse, no entanto, que os modelos produzidos no Brasil não deverão ficar mais baratos com a nacionalização. Os preços da linha 2015 já foram aumentados para o repasse da volta da alíquota cheia do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) Além das novas versões do GLA, o GLE Coupé, que estreou no mês passado, no Salão de Detroit, será lançado no país no segundo semestre deste ano.

Ano recorde

Psillakis afirmou que 2014, considerado um ano de crise para a indústria automobilística brasileira, foi de recorde de vendas de carros para a Mercedes no país, com 11.912 unidades emplacadas. A marca pretende crescer mais em 2015, porém não revela as metas.
"Temos produtos muito adequados ao mercado brasileiro. O GLA atende 100% o desejo do mercado, e não o tínhamos antes, então, isso amplia nossas possibilidades. E estamos investindo em um pós venda melhor", diz Schiemer. Mas, logicamente, se no longo prazo o Brasil não crescer, nós vamos sofrer."

Nordeste

Em 2014, crescemos 24% no país e, no Nordeste, 51%. Isso por dois motivos: é uma parte do país que tem um crescimento econômico maior do que o sul e porque investimos em novas concessionárias nessa região.
Dobramos nossa presença, abrimos novas concessionárias em Natal, João Pessoa, São Luís e Teresina, por exemplo. Estamos crescendo a rede em cidades que têm potencial e onde a marca não estava presente até agora.
Para isso, diz Psillakis, há um processo "muito complexo e analítico" para escolher os melhores concessionários para representar a marca. E funcionários das lojas têm sido treinados em Campinas (SP), onde todo o pessoal, apesar de ter uma imersão na marca, são treinados nos setores onde vão atuar, seja vendas ou pós-vendas, recepção, etc. "Queremos ter certeza de que nossos clientes não só recebem o melhor produto do mundo, mas um serviço de alto padrão."
FaUs
FaUs
Usuário Ouro
Usuário Ouro

Masculino Mensagens : 873
Data de inscrição : 09/08/2012
Idade : 48

Voltar ao Topo Ir em baixo

Antes de fábrica, Mercedes ampliará família do GLA no Brasil Empty Re: Antes de fábrica, Mercedes ampliará família do GLA no Brasil

Mensagem por FaUs em Sex 06 Fev 2015, 08:58

Mercedes-Benz começa a construir fábrica em SP – Novo Classe C sobe de preço

Fonte: http://www.noticiasautomotivas.com.br/mercedes-benz-comeca-a-construir-fabrica-em-sp-novo-classe-c-sobe-de-preco/

Antes de fábrica, Mercedes ampliará família do GLA no Brasil Mb-class-fabrica

A Mercedes-Benz começou hoje as obras de construção da fábrica de automóveis em Iracemápolis, interior de São Paulo. A planta deverá produzir os modelos Classe C e GLA. A unidade deverá fabricar 20.000 unidades por ano e empregar 600 funcionários, além de outros 3 mil indiretos.

A previsão é de que as obras terminem em fevereiro de 2016, com produção começou pouco depois. O primeiro a ser feito será o Classe C e seis meses depois será a vez do GLA. Os dois modelos deverão manter o mesmo patamar de preços das unidades importadas ao invés de custarem menos por serem nacionais.

A Mercedes-Benz diz que os custos operacionais no Brasil são altos, assim como os impostos em efeito cascata, o que impede a redução de preços esperada pela ausência do imposto de importação de 35%. No entanto, o fabricante deve aumentar as margens de lucro nessa operação, a fim de também reduzir o tempo de retorno do investimento, hoje orçado em R$ 500 milhões.

Sem exportações, a Mercedes-Benz deverá focar toda a produção no mercado nacional. A empresa fala que o maior custo local e a falta de mais acordos comerciais por parte do Brasil, não favorecem o envio de produtos nacionais para outros países. De olho no crescimento do mercado premium no país, a marca vai ampliar a rede das atuais 45 lojas para 70 em 2016.

Antes de fábrica, Mercedes ampliará família do GLA no Brasil Mercedes-benz-gla-impressoes-NA-59

Preço maior

Enquanto inaugura as obras da fábrica de Iracemápolis, a Mercedes-Benz reajusta os preços do Novo Classe C, que chegou ao mercado nacional no ano passado a partir de R$ 138.900. Agora, o sedã de luxo alemão começa em R$ 142.900.

A versão topo de linha C250 Sport pulou de R$ 189.900 para R$ 195.900. Além do Classe C, o outro futuro nacional – o crossover GLA – passou de R$ 132.900 na versão Advance para R$ 136.900. O GLA 200 Vision Black Edition, custava R$ 152.900 e agora parte de R$ 157.900.
FaUs
FaUs
Usuário Ouro
Usuário Ouro

Masculino Mensagens : 873
Data de inscrição : 09/08/2012
Idade : 48

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum