Mercedes 300 transporter (1952)

Ir em baixo

Mercedes 300 transporter (1952) Empty Mercedes 300 transporter (1952)

Mensagem por António Júlio em Sab 23 Fev 2013, 01:31

Mercedes 300 transporter (1952) D5183d83f4f323d0a35a030b0627d4c3_zpsf6f72797
Para transportar seus carros de competição nos anos 50, a Mercedes criou um veloz caminhãozinho com o motor do 300

Os carros de competição da Mercedes-Benz no início da década de 1950 foram tão marcantes que seria um desperdício conduzi-los, da fábrica aos circuitos e vice-versa, em caminhões comuns. Pensando nisso, em 1952, quando decidiu que retornaria dali a dois anos às corridas de Grande Prêmio, a marca da estrela começou a idealizar um veículo de transporte muito especial.

O utilitário deveria atender a alguns requisitos: ser muito veloz, estável e ter potentes freios. Logo se percebeu que os caminhões da época não estavam aptos à tarefa. A sugestão, assim, foi de uma combinação inusitada que se mostraria ideal: o chassi tubular em forma de "X" do sedã 300 "Adenauer", o motor do cupê 300 SL "Gull Wing" e elementos internos do modelo 180 para a cabine. O veículo não teve nome, mas ficou conhecido como Racing Car Transporter (transportador de carro de corrida).

Mercedes 300 transporter (1952) E2baca4903acc2de6655d96b57305d64_zps44e491ba
Muito diferente de qualquer outro utilitário, o Racing Car Transporter usava elementos da cabine do automóvel 180 e componentes mecânicos do sedã "Adenauer" e do cupê 300 SL

O chassi do automóvel foi bastante alongado na frente e na traseira, para dar espaço suficiente a um carro como o W196 de Fórmula 1. A distância entre eixos era de 3,05 metros. Uma cabine de desenho curioso, com um diminuto capô, foi instalada toda à frente do eixo dianteiro, tendo por baixo o motor — na mesma posição que no 300 SL, aliás —, a transmissão e o tanque de combustível, com capacidade de 150 litros.

As linhas arredondadas da cabine, que era a do 180 com largura bem maior, tinham continuidade nas laterais e terminavam numa traseira que fazia lembrar o carro esporte com "asas de gaivota", apesar de bem larga. A região dos dois vidros posteriores era alongada, o que favorecia a aerodinâmica do veículo tanto descarregado quanto em transporte, pois suavizava o fluxo de ar sobre o automóvel que levava. Na seção entre eixos ficava um estepe de cada lado. O caminhãozinho media 6,75 metros de comprimento, 2 m de largura e apenas 1,75 m de altura.

Mercedes 300 transporter (1952) 5f423775202f7704b044c4338f019ae7_zps80a185d0

O seis-cilindros em linha de 3,0 litros, dotado de injeção mecânica direta de combustível, desenvolvia potência de 192 cv a 5.500 rpm, bem menos que os 215 cv que alcançava no esportivo original, graças à recalibração com vistas ao desempenho em baixas rotações. O torque máximo de 25,8 m.kgf, porém, ainda surgia em alto regime, 4.700 rpm. A velocidade final ficava em torno de 160-170 km/h, mais que expressiva para um utilitário.

Mercedes 300 transporter (1952) F28ea8226f9805d287eee47b686db9be_zps7fd7740e

Com câmbio manual de quatro marchas, todo sincronizado, e tração traseira, o veículo recebeu suspensões independentes de automóvel, coerentes com sua proposta: na frente, braços sobrepostos e molas helicoidais; atrás, semi-eixos oscilantes (mesmo conceito do Fusca e da maioria dos Mercedes da época) com molas helicoidais e barras de torção auxiliares. Freios a tambor de comando hidráulico — o melhor que havia então — desaceleravam com certa rapidez seus 2.100 kg de peso, associados a um freio a disco interno entre a árvore de transmissão e o diferencial. As rodas de 5,5 x 15 pol recebiam pneus 7,60-15.

Mercedes 300 transporter (1952) 2727480883bd8cd48a95a31e93b68be5_zps1316b8eb

O Transporter ficou em atividade entre 1954 e o final de 1955, quando a empresa novamente retirou-se das pistas. A cada prova, era uma sensação nos boxes maior do que os próprios carros de corrida — sobretudo depois de ter sido pintada nos pára-lamas traseiros uma indicação de sua velocidade máxima de 105 milhas por hora. O veículo retornou à fábrica só em 1957, um tanto usado, mas ainda em boas condições.

Seu destino parecia definido: repousar junto a um 300 SLR no Museu Mercedes-Benz para a posteridade. No entanto, constatou-se que ele era muito pesado para o piso do museu e a marca preferiu mantê-lo em serviço, no departamento de testes, até que não tivesse mais condições de uso. Em dezembro de 1967 o único exemplar era descartado, para decepção de muitos.

Os responsáveis por veículos antigos da Mercedes, porém, não tiveram paz: inúmeros foram os pedidos para que o Transporter voltasse a ser visto e mesmo dirigido. Uma ampla consulta nos arquivos da empresa levou a algumas fotos e informações, mas se descobriu que não havia sido feito qualquer desenho do projeto, algo comum em veículos especiais da marca na época.

Mercedes 300 transporter (1952) 9c139a1692e9fd5a8df17ec4d3c44845_zps9a4f67e0

Em 1993 a Messrs. MIKA GmbH, empresa especialista em restauração de antigos no norte da Alemanha, recebia a incumbência de recolocar o utilitário em condições de uso, a partir das escassas referências disponíveis. Foram precisos sete anos para refazer toda a carroceria, a mecânica, os detalhes de acabamento. Apenas uma alteração no original foi admitida — o uso de freios dianteiros a disco do conversível SL de 1989, com a eliminação do antigo freio junto ao diferencial. E o curioso caminhãozinho renasceu, para ser admirado pelos que apreciam veículos únicos.

Mercedes 300 transporter (1952) F17c5ae25c0b03fa6c10c67c469388a7_zps4182fdd6

Mercedes 300 transporter (1952) E2d0e17015cc85da6568fa2d4970acfa_zps40e76268

Mercedes 300 transporter (1952) 4c5d1f16e884bb15538251779f6f6d56_zpscddee1be
António Júlio
António Júlio
Usuário Prata
Usuário Prata

Masculino Mensagens : 373
Data de inscrição : 06/08/2012
Idade : 46

http://www.antoniomariarestaurante.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mercedes 300 transporter (1952) Empty Re: Mercedes 300 transporter (1952)

Mensagem por mmbferreira em Sab 23 Fev 2013, 08:15

Bacana esse caminhão...

Eu tenho uma miniatura desse caminhâo na escala 1/18 do fabricamte alemão CMC riquíssimo em detalhes.

Um abraço e parabenz pelo belo post.
mmbferreira
mmbferreira
Banido
Banido

Masculino Mensagens : 100
Data de inscrição : 06/08/2012
Idade : 44

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mercedes 300 transporter (1952) Empty Re: Mercedes 300 transporter (1952)

Mensagem por Weiss 1972 em Sab 23 Fev 2013, 10:05

Meio "monstrinho" mas interessante no conceito.
Weiss 1972
Weiss 1972
Usuário Platina
Usuário Platina

Masculino Mensagens : 2207
Data de inscrição : 23/11/2012
Idade : 46

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mercedes 300 transporter (1952) Empty Re: Mercedes 300 transporter (1952)

Mensagem por Edigard em Dom 03 Mar 2013, 14:40

Legal demais esse caminhão..Parabenz pelo post...
Edigard
Edigard
Usuário Bronze
Usuário Bronze

Masculino Mensagens : 72
Data de inscrição : 31/10/2012
Idade : 31

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mercedes 300 transporter (1952) Empty Re: Mercedes 300 transporter (1952)

Mensagem por José Manoel em Dom 03 Mar 2013, 15:09

Já havia lido esta reportagem no BestCars! Muito bacana mesmo.

Mais fotos (e mais detalhadas): http://www.autospeed.com/cms/article.html?&A=109129
José Manoel
José Manoel
Usuário Prata
Usuário Prata

Masculino Mensagens : 265
Data de inscrição : 18/08/2012
Idade : 39

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum