(W203): Ficha técnica

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

(W203): Ficha técnica

Mensagem por AEP em Sex 06 Maio 2016, 04:17

A estréia mundial da terceira geração da Classe C W203 ocorreu em março de 2000, após 4 anos de desenvolvimento e investimento total de 1,36 bilhão de Euros. Em maio, as vendas do sedan começaram. 









O objetivo era manter o sucesso do modelo anterior, que atingiu a marca de 1,6 milhão de unidades. Durante o desenvolvimento, os maiores investimentos foram para a segurança, conforto e tecnologia de ponta.

O design atraente e moderno foi atingido com o novo farol duplo.



Com 4.530 mm de comprimento e entre-eixos de 2.715 mm, era 10 mm maior do que o modelo W202. A distância do entre-eixos ficou 25 mm maior.



A nova W203 era 50% mais estável do que a sua antecessora. O uso de aços de alta resistência foi outro diferencial. O coeficiente aerodinâmico ficou entre 0,26 e 0,27 dependendo do tipo de motor e pneus. Com o cx de 0,26, a C180 foi o sedan mais aerodinamicamente eficiente em seu segmento de mercado.

O modelo adotou windowbags adaptáveis ​​para condutor e passageiro, volante multifuncional, visor central e cabos de fibra ótica para transmissão de informações. Estes e outros itens fizeram o modelo o líder em tecnologia no seu segmento de mercado. Um total de mais de 20 inovações técnicas dos modelos topo de linha da Mercedes-Benz foram incluídos como equipamento de série na W203.



Adotou ESP®, BAS, reconhecimento automático de cadeira de criança, pré-tensores e limitadores de força dos cintos para os assentos traseiros laterais e dianteiros, encostos de cabeça para todos os lugares e airbags laterais nas portas dianteiras. O regulador de controle eletrônico de velocidade SPEEDTRONIC e transmissão manual de 6 velocidades eram itens de série. 



A Mercedes-Benz adotou 3 linhas de design e equipamentos. O modelo de entrada era o Classic. A linha Elegance adotava acabamentos superiores, cromados, rodas de liga leve e volante de couro. A linha Avantgarde era dotada de vidros azuis, peças de acabamento interior em alumínio estruturado e rodas de liga leve de 16 polegadas, além de para-choques e saias laterais distintos em design.

Estavam também disponíveis como opcionais os sistemas THERMOTRONIC, COMAND, DynAPS, sistema de som Bose e LINGUATRONIC.



Com uma gama de 7 motores novos ou revistos, atingiu-se até 20% mais potência e até 43% mais torque.

O novo motor de 2.0 litros com compressor fez este modelo da Classe C o veículo mais dinâmico em sua categoria. O compressor acionado por correia fez o modelo atingir 163 CV.

Outra novidade foi o motor V6 de 3.2 litros com 218 CV que alcançou um desempenho superior e uma posição de liderança neste segmento de mercado. Quando a W203 foi lançada, a Mercedes-Benz alcançou todas as metas de emissões de gases para os modelos a gasolina, previstas nos limites do padrão Euro 4 de emissões de 2005.

Os modelos a diesel também ofereceram um desempenho impressionante. Com uma velocidade máxima de 230 km/h, o novo motor de 5 cilindros da C270 CDI era 27 km/h mais rápido que a C250 Turbodiesel. Isto foi possível graças a um turbocompressor variável e moderno sistema common rail de injeção direta que também reduziu o consumo de combustível em 14% em comparação ao seu antecessor. A mesma tecnologia também foi utilizada no motor de 4 cilindros da C200 CDI e da C220 CDI.

O novo volante multifunções e o visor central no velocímetro permitiam ao condutor programar mais de 50 configurações individuais e acesso a informações importantes.

Os materiais de alta qualidade no interior demonstraram o caráter premium do novo sedan.

A sua estrutura da extremidade frontal incluiu um módulo com caixas de impacto feitas de aço de alta resistência, aparafusadas ao resto do chassi. Isso facilitava reparos em caso de colisões de uma forma mais barata e rápida. Em impactos até 15 km/h, o módulo dianteiro foi concebido para absorver toda a energia, deixando os elementos de suporte por trás do módulo sem danos. O mesmo sistema foi adotado na área traseira.

Inovações em tecnologia de chassis e suspensão dotaram o modelo de uma suspensão recentemente desenvolvida McPherson, moderna direção e grandes freios a disco com melhor fluxo de ar. A suspensão traseira independente multi-link foi totalmente revista e recalibrada.

Em janeiro de 2001, a Mercedes-Benz C32 AMG foi apresentada no Salão Internacional do Automóvel de Detroit/EUA, juntamente com a versão equivalente perua. Com um motor V6 com compressor, atingia de 0 a 100 km/h em apenas 5,2 segundos e velocidade máxima de 250 km/h, limitada eletronicamente.

A C32 AMG era dotada de uma transmissão automática de 5 velocidades com ajustes específicos elaborados pelos engenheiros da Mercedes-AMG GmbH. Isto resultou em mudanças de velocidade mais rápidas em todas as faixas de velocidade. O chassi foi completamente reprojetado, assegurando agilidade e um elevado nível de conforto. Em comparação com a C320, a C32 AMG foi equipada com novas molas e amortecedores. O chassi foi rebaixado cerca de 30 mm e adotou rodas de 17 polegadas com pneus 225/45 R17 na frente e 245/40 R 17 na traseira.

O sistema de freios AMG recentemente desenvolvido facilitou uma frenagem excepcional. Em conjunto com os sistemas auxiliares, tais como ABS, ESP, ASR e BAS, um excelente nível de segurança e condução foi assegurado.

A partir da primavera de 2001, as rodas e alguns itens da linha AMG tornaram-se opcionalmente disponíveis para todos os modelos.

No verão de 2002 a Mercedes-Benz introduziu uma nova geração de motores de 4 cilindros. As novas unidades tiveram redução de consumo de combustível, melhoria de torque e eram mais leves e suaves. Havia 4 variantes do avançado motor de 1.8 litros para escolher - todos com o sistema TWINPULSE que reuniu várias tecnologias, tais como compressor, intercooler, 4 válvulas por cilindro e comando variável.

Em 2002 o sistema de injeção direta de gasolina na C200 CGI, foi adotado pela primeira vez. Este foi o primeiro motor do mundo deste tipo a combinar injeção direta com compressor e balanceador dinâmico. O código CGI na parte traseira dos modelos Mercedes indicou a presença de uma tecnologia avançada. O sistema CGI resultou em uma economia de combustível de 19% em relação ao modelo anterior.

O sistema de tração integral permanente 4MATIC foioferecido para a Classe C pela primeira vez a partir do outono de 2002. 

Também no outono de 2002, o modelo provou ser o veículo mais seguro em seu segmento de mercado. Os resultados dos testes de colisão com base na norma européia NCAP, concederam as 5 estrelas (máximo de pontos) ao modelo.



O sistema DISTRONIC se tornou disponível a partir do outono de 2002. Este sistema já era conhecido e adotado nas classes CL, SL, S e E.

Como opção, a Mercedes-Benz agora fornecida faróis bi-xenon. Em comparação com lâmpadas H7 convencionais, produzia até 180% mais luminosidade, tornando a condução noturna mais segura. Os faróis com lentes especiais transparentes foram adotados.


  • Dados técnicos do modelo C200 CDI (W203 DE 22 LA LR):


Chassi: 203.007.

Produzido entre março de 2003 e março de 2004.

Motor a Diesel OM646 DE 22 LA LR (646.962), 4 cilindros em linha, 2.148 cilindradas e 122 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.


  • Dados técnicos do modelo C220 CDI (W203 DE 22 LA):


Chassi: 203.008.

Produzido entre dezembro de 2002 e março de 2004.

Motor a Diesel OM646 DE 22 LA (646.963), 4 cilindros em linha, 2.148 cilindradas e 143 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.


  • Dados técnicos do modelo C30 CDI AMG (W203 DE 30 LA):


Chassi: 203.018.

Produzido entre agosto de 2002 e março de 2004.

Motor a Diesel OM612 DE 30 LA (612.990), 5 cilindros em linha, 2.950 cilindradas e 231 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.


  • Dados técnicos do modelo C180 Kompressor (W203 E 18 ML LR):


Chassi: 203.046.

Produzido entre janeiro de 2002 e março de 2004.

Motor a gasolina M271 E 18 ML LR (271.946), 4 cilindros em linha, 1.796 cilindradas e 143 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.


  • Dados técnicos do modelo C200 Kompressor (W203 E 18 ML):


Chassi: 203.042.

Produzido entre dezembro de 2001 e março de 2004.

Motor a gasolina M271 E 18 ML (271.940), 4 cilindros em linha, 1.796 cilindradas e 163 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.


  • Dados técnicos do modelo C200 CGI (W203 E 18 DE ML):


Chassi: 203.043.

Produzido entre julho de 2002 e março de 2004.

Motor a gasolina M271 E 18 DE ML (271.942), 4 cilindros em linha, 1.796 cilindradas e 170 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.


  • Dados técnicos do modelo C230 Kompressor (W203 E 18 ML/1):


Chassi: 203.040.

Produzido entre agosto de 2002 e março de 2004.

Motor a gasolina M111 E 20 ML EVO (111.955), 4 cilindros em linha, 1.998 cilindradas e 163 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.


  • Dados técnicos do modelo C240 4MATIC (W203 E 26 4-M):


Chassi: 203.081.

Produzido entre fevereiro de 2002 e março de 2004.

Motor a gasolina M112 E 26 (112.916), 6 cilindros em V, 2.597 cilindradas e 170 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.


  • Dados técnicos do modelo C320 4MATIC (W203 E 32 4-M):


Chassi: 203.084.

Produzido entre fevereiro de 2002 e março de 2004.

Motor a gasolina M112 E 32 (112.953), 6 cilindros em V, 3.199 cilindradas e 218 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.


  • Dados técnicos do modelo C200 CDI (W203 DE 22 LA LR):


Chassi: 203.004.

Produzido entre junho de 1999 e junho de 2003.

Motor a Diesel OM611 DE 22 LA LR (611.962), 4 cilindros em linha, 2.148 cilindradas e 116 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.




  • Dados técnicos do modelo C220 CDI (W203 DE 22 LA):


Chassi: 203.006.

Produzido entre março de 1999 e junho de 2003.

Motor a Diesel OM611 DE 22 LA (611.962), 4 cilindros em linha, 2.148 cilindradas e 143 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.




  • Dados técnicos do modelo C270 CDI (W203 DE 27 LA):


Chassi: 203.016.

Produzido entre junho de 1999 e março de 2004.

Motor a Diesel OM612 DE 27 LA (612.962), 5 cilindros em linha, 2.685 cilindradas e 170 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.


















  • Dados técnicos do modelo C180 (W203 E 20):


Chassi: 203.035.

Produzido entre junho de 1999 e agosto de 2002.

Motor a gasolina M111 E 20 EVO (111.951), 4 cilindros em linha, 1.998 cilindradas e 129 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.












  • Dados técnicos do modelo C200 Kompressor (W203 E 20 ML):


Chassi: 203.045.

Produzido entre março de 1999 e agosto de 2002.

Motor a gasolina M111 E 20 ML EVO (111.955), 4 cilindros em linha, 1.998 cilindradas e 163 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.














  • Dados técnicos do modelo C240 (W203 E 26):


Chassi: 203.061.

Produzido entre abril de 1999 e março de 2004.

Motor a gasolina M112 E 26 (112.912), 6 cilindros em V, 2.597 cilindradas e 170 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.








  • Dados técnicos do modelo C320 (W203 E 32):


Chassi: 203.064.

Produzido entre agosto de 1999 e março de 2004.

Motor a gasolina M112 E 32 (112.946), 6 cilindros em V, 3.199 cilindradas e 218 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.












  • Dados técnicos do modelo C32 AMG (W203 E 32 ML):


Chassi: 203.065.

Produzido entre outubro de 2000 e março de 2004.

Motor a gasolina M112 E 32 ML AMG (112.961), 6 cilindros em V, 3.199 cilindradas e 354 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.















Fonte:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por AEP em Qua 11 Maio 2016, 19:34, editado 7 vez(es)

_________________
Anderson
Equipe Portal Mercedes Brasil
Sempre leia: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Josué 24:15
avatar
AEP
Moderador
Moderador

Masculino Mensagens : 11417
Data de inscrição : 05/08/2012
Idade : 43

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: (W203): Ficha técnica

Mensagem por AEP em Sex 06 Maio 2016, 08:59

Na primavera de 2004 (4 anos após o lançamento) a Mercedes-Benz implementou novas mudanças no chassi em termos de engenharia, equipamentos e design. O modelo já havia vendido mais de 1,26 milhão de unidades em todo o mundo desde 2000. Nunca antes a Mercedes-Benz vendeu tantos veículos de uma série em tão curto tempo.



A revisão foi profunda. O chassi, direção e transmissão manual de 6 velocidades passaram por um ajuste de modo a oferecer uma condução ainda mais ágil.



Na primavera de 2004 a Mercedes-Benz apresentou  motor de 4 cilindros com 192 CV, com compressor, denominado C230 Kompressor. Em função do sistema TWINPULSE, o motor combinava várias tecnologias, tais como compressor acionado por correia, intercooler, comando de válvulas variável, 4 válvulas por cilindro e consumo de apenas 8,9 litros de gasolina por 100 km. A C220 CDI também atingiu 150 CV, 7 CV a mais que o motor anterior.

A novas C55 AMG com 367 CV substituiu a C32 AMG. Pela primeira vez a Mercedes-Benz oferecia um motor de 8 cilindros na Classe C. A C55 AMG acelerava de 0 a 100 km/h em apenas 5,2 segundos e era dotada de suspensão esportiva AMG, transmissão automática de 5 velocidades AMG SPEEDSHIFT. O interior foi melhorado com um novo design incluindo controles sofisticados e controle automático de temperatura THERMATIC como itens de série.



Os faróis da Classe C adotaram a lente transparente. O sistema de pintura conferiu maior resistência com a adoção de nanotecnologia. Os faróis bi-xenônio, transmissão automática e novos sistemas de áudio e de navegação eram itens opcionais.

A função de acompanhamentos do faróis nas curvas foi adotada.

Passou a usar rodas de 16 polegadas como padrão, com pneus 205/55 R 16. Além disso, as linhas Classic e Elegance adotaram soleiras laterais mais esportivos e para-choque traseiro do modelo Avantgarde. Várias modificações técnicas foram feitas no chassi, direção e transmissão manual conferir mais dinâmica de condução. O pacote de medidas denominado DIRECT CONTROL incluía rolamentos nos eixos dianteiro e traseiro, uma relação de direção mais direta e um estabilizador reforçado no eixo traseiro. O resultado foi mais agilidade nas curvas sem perder o conforto.

A transmissão manual de 6 velocidades adotada na C320 e nos modelos AMG foi revista para reduzir o tempo de mudança das marchas.

A partir do verão de 2005, 4 novas variantes de motor foram adicionados à linha. Adotou-se o novo 6 cilindros da C320 CDI com tecnologia common rail de 3.ª geração e filtro de partículas. o motor de 5 cilindros com 170 CV era 32% mais potente e conferia 27% mais torque. Para os modelos a gasolina, a tecnologia avançada do motor de 6 cilindros estava disponível em 3 categorias pela primeira vez desde meados de 2005: A C230 de 204 CV, a C280 de 231 CV e a C350 de 272 CV. Esses motores apresentaram uma redução de consumo de combustível de até 13% em comparação com os moteres anteriores.

Os clientes da Mercedes-Benz compraram a C230 pelo mesmo preço do modelo de 4 cilindros anterior. A nova C280 também foi fornecida pelo mesmo preço da anterior C240. Como padrão, a C350 era ofertada nas versões Elegance ou Avantgarde com rodas de liga leve de 17 polegadas. Outra novidade para o verão de 2005 foram os modelos C280 4MATIC e C350 4MATIC.

Como opção, o câmbio de 7 velocidades 7G-TRONIC disponível para os modelos V6. As versões 4MATIC vinham com o câmbio automático de 5 velocidades de série.

Como itens de série para todas as versões, adotou-se controle de temperatura automático, volante multifuncional, windowbags, encostos de cabeça NECK-PRO para o motorista e passageiro, bem como mais pintura resistente a riscos com base em nanotecnologia. Além das linhas Classic, Elegance e Avantgarde, a Mercedes-Benz oferecia 2 pacotes esportivos opcionalmente.

A produção da Classe C sedan na fábrica de Sindelfingen terminou em 14 de dezembro de 2006, sendo que a última W203 deixou a fábrica de Bremen algumas semanas mais tarde, em 1 de março de 2007. Em setembro de 2006, a Mercedes-Benz tinha produzido 2 milhões de Classe C W203 em todos os tipos. O sedan vendeu mais de 1,4 milhão de unidades.


  • Dados técnicos do modelo C200 CDI (W203 DE 22 LA LR):


Chassi: 203.007.

Produzido entre abril de 2004 e março de 2007.

Motor a Diesel OM646 DE 22 LA LR (646.962), 4 cilindros em linha, 2.148 cilindradas e 122 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.


  • Dados técnicos do modelo C220 CDI (W203 DE 22 LA):


Chassi: 203.008.

Produzido entre abril de 2004 e março de 2007.

Motor a Diesel OM646 DE 22 LA (646.963), 4 cilindros em linha, 2.148 cilindradas e 150 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.


  • Dados técnicos do modelo C270 CDI (W203 DE 27 LA):


Chassi: 203.016.

Produzido entre abril de 2004 e junho de 2005.

Motor a Diesel OM612 DE 27 LA (612.962), 5 cilindros em linha, 2.685 cilindradas e 170 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.


  • Dados técnicos do modelo C30 CDI AMG (W203 DE 30 LA):


Chassi: 203.018.

Produzido entre abril de 2004 e novembro de 2004.

Motor a Diesel OM612 DE 30 LA (612.990), 5 cilindros em linha, 2.950 cilindradas e 231 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.


  • Dados técnicos do modelo C180 Kompressor (W203 E 18 ML LR):


Chassi: 203.046.

Produzido entre abril de 2004 e março de 2007.

Motor a gasolina M271 E 18 ML LR (271.946), 4 cilindros em linha, 1.796 cilindradas e 143 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.


  • Dados técnicos do modelo C200 Kompressor (W203 E 18 ML):


Chassi: 203.042.

Produzido entre abril de 2004 e março de 2007.

Motor a gasolina M271 E 18 ML (271.940), 4 cilindros em linha, 1.796 cilindradas e 163 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.


  • Dados técnicos do modelo C200 CGI (W203 E 18 DE ML):


Chassi: 203.043.

Produzido entre abril de 2004 e abril de 2005.

Motor a gasolina M271 E 18 DE ML (271.942), 4 cilindros em linha, 1.796 cilindradas e 170 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.


  • Dados técnicos do modelo C230 Kompressor (W203 E 18 ML/1):


Chassi: 203.040.

Produzido entre abril de 2004 e junho de 2005.

Motor a gasolina M111 E 20 ML EVO (111.955), 4 cilindros em linha, 1.998 cilindradas e 163 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.


  • Dados técnicos do modelo C240 (W203 E 26):


Chassi: 203.061.

Produzido entre abril de 2004 e junho de 2005.

Motor a gasolina M112 E 26 (112.912), 6 cilindros em V, 2.597 cilindradas e 170 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.


  • Dados técnicos do modelo C240 4MATIC (W203 E 26 4-M):


Chassi: 203.081.

Produzido entre abril de 2004 e junho de 2005.

Motor a gasolina M112 E 26 (112.916), 6 cilindros em V, 2.597 cilindradas e 170 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.


  • Dados técnicos do modelo C320 (W203 E 32):


Chassi: 203.064.

Produzido entre abril de 2004 e junho de 2005.

Motor a gasolina M112 E 32 (112.946), 6 cilindros em V, 3.199 cilindradas e 218 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.


  • Dados técnicos do modelo C320 4MATIC (W203 E 32 4-M):


Chassi: 203.084.

Produzido entre abril de 2004 e junho de 2005.

Motor a gasolina M112 E 32 (112.953), 6 cilindros em V, 3.199 cilindradas e 218 CV.


  • Dados técnicos do modelo C55 (W203 E 55):


Chassi: 203.076.

Produzido entre outubro de 2003 e fevereiro de 2007.

Motor a gasolina M113 E 55 AMG (113.988), 8 cilindros em V, 5.439 cilindradas e 367 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.


  • Dados técnicos do modelo C320 CDI (W203 DE 30 LA):


Chassi: 203.020.

Produzido entre julho de 2004 e fevereiro de 2007.

Motor a Diesel OM642 DE 30 LA (642.910), 6 cilindros em V, 2.987 cilindradas e 224 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.


  • Dados técnicos do modelo C230 (W203 E 25):


Chassi: 203.052.

Produzido entre dezembro de 2004 e março de 2007.

Motor a gasolina M272 E 25 (272.920), 6 cilindros em V, 2.496 cilindradas e 204 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.


  • Dados técnicos do modelo C280 (W203 E 30):


Chassi: 203.054.

Produzido entre dezembro de 2004 e março de 2007.

Motor a gasolina M272 E 30 (272.940), 6 cilindros em V, 2.996 cilindradas e 231 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.


  • Dados técnicos do modelo C350 (W203 E 35):


Chassi: 203.056.

Produzido entre dezembro de 2004 e janeiro de 2007.

Motor a gasolina M272 E 35 (272.960), 6 cilindros em V, 2.996 cilindradas e 272 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.


  • Dados técnicos do modelo C280 4MATIC (W203 E 30 4-M):


Chassi: 203.092.

Produzido entre dezembro de 2004 e março de 2007.

Motor a gasolina M272 E 30 (272.941), 6 cilindros em V, 2.996 cilindradas e 231 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.


  • Dados técnicos do modelo C350 (W203 E 35 4-M):


Chassi: 203.087.

Produzido entre dezembro de 2004 e janeiro de 2007.

Motor a gasolina M272 E 35 (272.970), 6 cilindros em V, 2.996 cilindradas e 272 CV.

Capacidade do tanque de combustível: 62 litros.

Fonte:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


_________________
Anderson
Equipe Portal Mercedes Brasil
Sempre leia: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Josué 24:15
avatar
AEP
Moderador
Moderador

Masculino Mensagens : 11417
Data de inscrição : 05/08/2012
Idade : 43

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum