"No Rio, Petrobras confirma volta à F1 e fornece combustível à Williams a partir de 2015"

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

"No Rio, Petrobras confirma volta à F1 e fornece combustível à Williams a partir de 2015"

Mensagem por AEP em Seg 03 Mar 2014, 11:25

Fonte: http://grandepremio.com.br/f1/noticias/no-rio-petrobras-confirma-volta--f1-e-fornece-combustivel--williams-a-partir-de-2015

"No Rio, Petrobras confirma volta à F1 e fornece combustível à Williams a partir de 2015
Em coletiva à imprensa na sede da Petrobras no Rio de Janeiro, a petrolífera brasileira corroborou a informação do jornalista Américo Teixeira Jr. e selou a volta à F1 pela Williams, representada por Claire. O acordo tem validade inicial de três anos
Warm Up
VICTOR MARTINS, de São Paulo

A partir desta terça-feira (18), oficialmente, Williams e Petrobras voltam a caminhar juntas na F1. Como antecipou o jornalista Américo Teixeira Jr., do Diário Motorsport e colunista daREVISTA WARM UP, a principal empresa brasileira reata uma parceria que se separou há cinco anos e que tinha se iniciado em um já longínquo 1998 — o primeiro ano do hiato de títulos que a tradicional equipe inglesa ainda vive na categoria.

O anúncio foi feito na manhã de hoje na sede da Petrobras no Rio de Janeiro e contou com a presença da presidente da petrolífera, Graça Foster, e da chefe-adjunta da equipe, Claire Williams, filha do comandante Frank.



Williams e Petrobras voltam a falar a mesma língua na F1 (Foto: Getty Images)

"Estamos muito felizes em voltar para a principal competição automobilística do mundo", comentou a presidente da Petrobras. "Durante os 11 anos em que a Williams esteve ao nosso lado, tivemos avanços significativos no desenvolvimento de produtos, como a gasolina Podium. Participar dessa competição é um desafio enorme, pois nos obriga a estar cada vez mais preparados para os mais altos padrões de qualidade e eficiência que a categoria exige. Estamos muito empolgados para dar início a mais esse desafio”, completou Foster.

Por nota, Frank Williams também se manifestou. "A Petrobras e a Williams já tiveram uma parceria bem sucedida no passado, e estamos todos ansiosos para nos unir novamente em 2014. Eles são muito competentes em tecnologia e isso será importante para a equipe, visto que a nova regulamentação tornou a eficiência do combustível ainda mais importante", declarou. "Eles também são uma companhia global muito ambiciosa e estamos ansiosos para trabalhar em conjunto para promover seus objetivos de marketing."

Apesar da confirmação do anúncio às vésperas do início do Mundial, a Petrobras vai fornecer seu combustível e óleo a partir de 2015. Até lá, vai trabalhar com um motor Mercedes que sempre esteve acostumado com a Mobil. Trata-se de um projeto intenso de desenvolvimento em parceria com a montadora alemã e vai prover apoio técnico nas pistas.

Mas o acordo já tem validade imediata em termos de exposição da marca.  O logotipo da Petrobras vai estar visto na lateral do chassi do novo FW36 e em todo o ambiente e vestuário da equipe. A Martini será anunciada nos próximos dias como patrocinadora principal.

É a primeira vez que a Petrobras vai estreitar laços com a Mercedes. No primeiro período de aliança com a Williams, a petrolífera colocou seus produtos em motores Renault – rebatizados de Mecachrome em 1998 e Supertec em 1999 —, BMW de 2000 a 2005, Cosworth em 2006 e Toyota em 2007 e 2008. Foram dez vitórias em 11 temporadas, com Ralf Schumacher – pasmem – sendo o maior representante no lugar mais alto do pódio, seis vezes. Juan Pablo Montoya ganhou as outras quatro.
avatar
AEP
Usuário Platina
Usuário Platina

Masculino Mensagens : 13033
Data de inscrição : 05/08/2012
Idade : 44

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum